Personagens - Velho Cascudo


O primeiro personagem que Douradinho encontra é o um cascudo como ele, mas bem mais velho e doente. Este velho cascudo vai propor ao peixinho que se junte a ele e outros peixes que pretendem parar de nadar para serem arrastados pela correnteza até o mar… O desconhecido, um lugar que pode ser melhor do que aquele rio poluído.


“Vamos! Chegou a hora, camaradas! - gritou o velho cascudo”.


O Velho Cascudo pode ser lido como um arauto da morte, pois mostra o caminho mais curto, a desistência; ou pode ser visto simplesmente como um parvo, o tolo que dá o palpite da direção errada. Fato incontestável é que o Velho Cascudo funciona como o duplo do próprio personagem principal, o futuro certo de Douradinho caso ele não saia de onde está.


Mas é ele quem primeiro coloca o personagem em movimento. Olhando por este prisma, o Velho Cascudo é um alerta de nossa consciência para um perigo eminente.


“O Velho Cascudo se aproxima da imagem de um comunista cansado e desiludido com seu tempo.”, diz o autor Thiago Cascabulho.