Segunda semana com educadoras no Doce

June 29, 2017

 

 

Uma nova fase do Projeto Douradinho acaba de ser concluída: professores de Governador Valadares, Ipatinga, Mariana, Rio Doce, Barra Longa, Santa Cruz do Escalvado, em Minas Gerais, e Colatina, no Espírito Santo, finalizaram as capacitações para desenvolverem as ações do projeto nas escolas em que atuam.

 

Os encontros foram conduzidos pelo administrador Eduardo Rocha e pelo biólogo Ricardo Abrahão, fundadores do Instituto Pelo Bem do Planeta, responsável pelo Projeto Douradinho na bacia do Rio Doce. O objetivo das capacitações é sensibilizar e fortalecer a comunidade escolar para aplicação do Projeto Douradinho e para o uso de suas ferramentas.

 

 

Na semana do dia 12 de junho, professores de Ipatinga (MG) e Colatina (ES) participaram das capacitações. Em Ipatinga estiveram presentes cerca de 75 educadoras, que, por duas horas, compartilharam relatos profundos de experiência com a natureza local e preocupações com o consumo consciente.

 

Já em Colatina, na Faculdade Castelo Branco, 80 educadores de diferentes seguimentos e unidades escolares demonstraram muito interesse na segunda etapa do projeto, a Gincana Play The Call, e suas ações de impacto real. “As vivências desta semana foram profundas, de grande aprendizado. É o início de um longo processo de formação de coletivos e agentes transformadores de suas comunidades”, diz Eduardo Rocha.

 

 

Entre os dias 19 e 23 de junho foram realizados sete encontros em outros municípios, com a presença de 44 educadores em Governador Valadares, 60 em Mariana, 09nove em Rio Doce, 14 em Barra Longa e 10 Santa Cruz do Escalvado. Durante as capacitações em Valadares, os professores elogiaram a flexibilidade do projeto, que se adequa ao tempo e à agenda escolar.

 

“Valorizamos muito estes momentos de encontros com as Educadoras. Queremos que as educadoras sejam as grandes mobilizadoras e incentivadoras das transformações que serão realizadas por meio das crianças.”, comenta Ricardo Abrahão.

 

 

 

HISTÓRICO DA PARCERIA

 

O trabalho vem sendo desenvolvido desde março na região e faz parte de uma parceria entre a Fundação Renova e o Instituto Pelo Bem do Planeta. "A parceria com a Fundação Renova está ajudando o Projeto Douradinho a crescer na região do Rio Doce, proporcionando a distribuição de 4 mil livros ‘Amiga Lata, Amigo Rio’ impressos e as formações de educadores, que estão acontecendo esta semana”, afirma Ricardo Abrahão, fundador do Instituto Pelo Bem do Planeta.

 

A iniciativa propõe um olhar de valorização da água, por meio da leitura e debate do livro, e da realização da Gincana Play The Call, que incentiva as crianças a se tornarem mobilizadoras de ações ambientais.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload